Candidaturas Incentivo ATIVAR.PT e Estágios ATIVAR.PT

📢 Estimados clientes,

As candidaturas às medidas Incentivo ATIVAR.PT e Estágios ATIVAR.PT vão decorrer no nas seguintes datas:

🗓️ 1ª FASE – 15 de fevereiro a 30 de junho de 2021

🗓️ 2ª FASE – 15 de agosto a 30 de dezembro de 2021

🌐 O Incentivo ATIVAR.PT, criado pela Portaria n.º 207/2020, de 27 de agosto, consiste na atribuição de um apoio financeiro aos empregadores que celebrem contratos de trabalho sem termo ou a termo certo, por prazo igual ou superior a 12 meses, com desempregados inscritos no IEFP, com a obrigação de proporcionarem formação profissional aos trabalhadores contratados.

🌐 A medida Estágios ATIVAR.PT criada pela Portaria n.º 206/2020, de 27 de agosto, consiste no apoio à inserção de jovens no mercado de trabalho ou à reconversão profissional de desempregados, através de uma experiência prática em contexto de trabalho.

Para mais informações ou esclarecimentos, não hesitem em contactar-nos. ☎️📠📩

Informação – Clientes

Caro(a) Cliente

Em resultado da necessidade de retomarmos procedimentos que nos protejam a todos contra o COVID 19, os serviços da Adorior passam a ser regulados pelas seguintes regras:

1 – O contacto com os nossos serviços deverá preferencialmente ser efetuado via telefone ou videoconferência;

2 – A entrega de documentos de contabilidade deverá ser efetuada por uma só pessoa;

3 – A receção/recolha de outros documentos deverá preferencialmente ser efetuada via postal ou em formato digital;

4 – Todas as reuniões que habitualmente se realizavam presencialmente devem ser realizadas via telefone ou videoconferência, sempre que possível;

5 – Os clientes que se encontrem a aguardar atendimento devem fazê-lo no exterior do edifício.

Estas disposições entram em vigor de imediato e serão ajustadas em função das orientações das autoridades responsáveis.

Os nossos agradecimentos pela vossa compreensão.

A gerência

Candidaturas abertas ao Património Cultural e Natural – Eixo Prioritário Ambiente e Sustentabilidade.

Alentejo 2020 abre candidaturas a 14 de janeiro para o Património Cultural e Natural

 

O Programa Operacional Alentejo 2020 abre um concurso ALT20-14-2019-01 a partir do dia 14 de janeiro, no âmbito do Património Cultural e Natural – Eixo Prioritário Ambiente e Sustentabilidade.

O objetivo específico é promover a valorização dos ativos naturais e histórico-culturais para consolidar a Região como destino turístico.

Esta valorização está associada a uma oferta qualificada e ajustada às características ambientais, naturais e patrimoniais, reforçando a sua identidade de território de qualidade, e a prioridade de investimento é a conservação, proteção, promoção e desenvolvimento do património cultural e natural.

Os beneficiários são, de acordo com o disposto no artigo 115º do RE SEUR, entidades da Administração pública Central, Autarquias Locais e suas associações (fora do âmbito dos Pactos de Desenvolvimento e Coesão Territorial) e Entidades privadas sem fins lucrativos.

Abrange também os agentes culturais e organizações não-governamentais da área do ambiente e proteção da natureza (ONGA), mediante protocolo ou outras formas de cooperação com as entidades referidas anteriormente, sendo a área geográfica a NUT II do Alentejo.

O período de candidaturas decorre de 14 de janeiro até 30 de abril de 2019.

Consulte o AVISO de concurso no Balcão 2020 em Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.

Qualidade do sistema de ensino de nível não-superior – Qualidade e eficiência do sistema de educação e formação para promoção do sucesso escolar

O concurso encontra-se aberto até 4 de março de 2019 para a apresentação de candidaturas por escolas com ensino profissional nas três Regiões de intervenção do PO CH, Norte, Centro e Alentejo.

04-01-2019

​Podem candidatar-se até essa data, no âmbito do Aviso POCH-67-2019-01, os estabelecimentos públicos de educação, escolas profissionais públicas, entidades proprietárias de escolas profissionais privadas, estabelecimentos do ensino particular e cooperativo e que ministrem cursos profissionais ou cursos com planos próprios nessas três regiões do país e que podem beneficiar dos apoios do PO CH.

As operações a apoiar enquadram-se na tipologia de operação 4.1 do Programa – Qualidade e eficiência do sistema de educação e formação para promoção do sucesso escolar – e visam o desenvolvimento de processos de certificação de sistemas de Garantia da Qualidade em linha com o Quadro de Referência Europeu de Garantia da Qualidade na Educação e Formação Profissional (EQAVET) nas escolas que ministram os cursos referidos nessas regiões.

O presente Aviso para apresentação de candidaturas permitirá apoiar a consolidação de Sistemas de Garantia da Qualidade dos processos formativos e dos resultados obtidos pelos alunos do ensino profissional, alinhados com o Quadro EQAVET. Esta aposta permite, por um lado, reforçar o cumprimento de um dos requisitos cumpridos por Portugal no âmbito duma das condicionalidades ex ante exigidas em sede de Acordo de Parceria do Portugal 2020 com a Comissão Europeia para a aplicação dos fundos europeus no domínio temático do capital humano, abrangendo em particular o PO CH e que visava assegurar a existência de uma abordagem nacional de garantia da qualidade do Ensino e Formação Profissional.

Por outro lado, permite criar melhores condições para que as escolas profissionais, públicas e privadas, implementem e consolidem esses sistemas, nos termos estabelecidos no artigo 60.º do Decreto-Lei n.º 92/2014, de 20 de julho, alterado pela Lei nº 69/2015, de 16 de julho, que aprova o regime jurídico aplicável a essas escolas. Nesse diploma ficou estabelecido não só que as escolas profissionais devem implementar esses sistemas de Garantia de Qualidade, como que estes devem estar articulados com o EQAVET.

Finalmente, esta aposta permite também estender a possibilidade de implementação e de consolidação de Sistemas de Garantia da Qualidade alinhados com o EQAVET às restantes escolas com oferta de ensino profissional.

Em síntese, com este apoio pretende-se contribuir para o reforço dos resultados já de si positivos que a aposta no ensino profissional tem trazido para Portugal, traduzidos no aumento do sucesso escolar, na redução do abandono escolar precoce e no reforço das condições de empregabilidade, ou prosseguimento de estudos dos seus ex-alunos, conforme recentemente apresentados no Evento Anual do PO CH. Nesta perspetiva, espera-se que estes apoios contribuam também para a prossecução das ambiciosas metas do PO CH para 2023 em matéria de taxas de conclusão dos cursos profissionais (70%) e de taxas de empregabilidade ou prosseguimento de estudos, seis meses após a conclusão desses mesmos cursos (mínimo de 50%).

Dúvidas ou questões relacionadas com as candidaturas devem ser remetidas prioritariamente para o endereço de correio eletrónico do PO CH ou para o suporte do Portugal 2020.

Candidaturas abertas POCI – Inovação Produtiva